Baixamar

Software livre e bibliotecas

Posts Tagged ‘Koha’

Kobli: sistema integrado de gestión bibliotecaria de fuentes abiertas

Posted by João Manuel Peres Lijó em Sexta-feira, 20 Maio, 2011


Kobli é um ILS criado pelo Grupo de trabalho das Bibliotecas de la Administración General del Estado de Espanha.

Kobli

Está baseado no ILS Koha (na versao 3.4) ao que se lhe acrescentou diversas funcionalidades derivadas do relatório: Informe de evaluación del sistema integrado de gestión de bibliotecas KOHA para las Bibliotecas de la Administración General del Estado.

Apresenta um ambicioso plano da comunidade para lhe dar continuidade ao software e manter a sua vinculação com o Koha.

Está disponível para descarregar a release candidate 1.4 nas opções de instalação manual e virtualizada com sistema operacional.

Anúncios

Posted in Bibliotecas, Software Livre | Com as etiquetas : , , | Leave a Comment »

Como escolher um ILS/SIGB livre?

Posted by João Manuel Peres Lijó em Quarta-feira, 16 Março, 2011


Artigo: How to Choose an Free and Open Source Integrated Library System de Tristan Müller, na revista OCLC Systems & Services: International digital library perspectives. Vol. 27, n. 1 (2011). (Volume monográfico sobre Open source ILS/OPAC implementations)

O autor é coordenador do Observatoire des technologies libres para a Fondation pour une Bibliothèque Globale (Canadá), e realizou vários estudos comparativos entre as prestações de Koha e CDS/ISIS (2007), ou entre os principais ILS livres (2008).

Neste artigo mais recente realiza uma comparativa entre 20 ILS livres e, especialmente, atualiza os dados de 2008, diferença entre os ILS pelo grau de madurez do seu desenvolvimento tecnológico e funcional e, finalmente, entre aqueles com um maior grau de desenvolvimento, escolhe os mais evoluídos para comparar as suas prestações: Koha, Evergree e PMB.

Licenças:

Comunidade:

Grau de madurez das funcionalidades:

Interessa indicar a conclusão final tirada do relatório:

When a library selects free software, it chooses not only a powerful means of reducing its spending, but also opportunities to become more independent in terms of its choices of business and software vendors, more importantly, it reinforces its primary mission of disseminating information while further justifying its choice of technology in a context of public service.

Para as tres opções “aprovadas” inclui um anexo com a pontuação do critério de madurez das funcionalidades, no que destaca Koha:

Posted in Bibliotecas, Software Livre | Com as etiquetas : , , , | Leave a Comment »

Koha nas bibliotecas da Galiza

Posted by João Manuel Peres Lijó em Terça-feira, 21 Dezembro, 2010


No último número da Associação de Bibliotecarios ANABAD-Galicia recolhe-se a opinião de profissionais das bibliotecas sobre a implantaçao deste software.

Posted in Bibliotecas, Software Livre | Com as etiquetas : , , | Leave a Comment »

Kete e Koha: integração com estándares abertos

Posted by João Manuel Peres Lijó em Sexta-feira, 17 Dezembro, 2010


Apresentada no KohaCon 2010:

Posted in Bibliotecas, Software Livre | Com as etiquetas : , , | Leave a Comment »

OPAC Social

Posted by João Manuel Peres Lijó em Segunda-feira, 8 Novembro, 2010


No V Congreso Nacional de Bibliotecas Públicas, Gijón, España, 3-5 de Novembro de 2010,  foi apresentada a comunicação Koha, metabuscadores y herramientas colaborativas de edición de contenidos sobre o Opac social, ou Opac 2.0, realizado com Koha na Rede de Bibliotecas de Galiza (versão em prova ainda não implementada na sua totalidade nas bibliotecas da rede).

O vídeo, Los usuarios y el Opac social, realizado para o congresso foi gravado com a participação dos usuários da Biblioteca Municipal de Ames e monstra a interação destes com os novos recursos implementados no Opac. Por outro lado, o Opac foi enriquecido com novas ferramentas sociais que permitem a integração participativa de recursos, fomentando a relação dos usuários com o seu entorno,   permite engadir recursos próprios, locais e comunitários, que serão oferecidos pelo Opac em igualdade de condições que os demais recursos da biblioteca.

Uma olhada ao vídeo permite observar as possibilidades do Opac social:

O vídeo e a comunicação foram realizados pelas empresas Xercode e Fervenzas, Xestión Cultural, e por pessoal da Rede de Biblioteca de Galiza e de Bugalicia, Consórcio de Bibliotecas Universitárias de Galiza.

Posted in Bibliotecas, Software Livre, Web 2.0 | Com as etiquetas : , , , | Leave a Comment »

Software Libre vs. Propietario: una evaluación de sitemas Janium vs. Koha

Posted by João Manuel Peres Lijó em Quarta-feira, 3 Novembro, 2010


Uma nova tese de licenciatura apresenta a validez dos aplicativos de software livre para o gerenciamento de fundos bibliográficos.

Guadalupe González Herrera da Escuela Nacional de Biblioteconomía y Archivonomía de México, apresenta o trabalho: Software Libre vs. Propietario: una evaluación de sitemas Janium vs. Koha

… el software libre, su implementación es más barata por los requerimientos tecnológicos mínimos que necesita; en cuanto al costo es muy bajo y ofrece un conjunto de recursos muy amplios. El software libre garantiza una independencia con respeto al proveedor gracias a la disponibilidad del código fuente, lo que permite modificar y realizar las adecuaciones necesarias al sistema para cubrir las necesidades tanto de la biblioteca como del usuario.

Por estas y más características el software libre o de código abierto puede resultar ser una herramienta eficiente, que permita resolver problemas de automatización en unidades con problemas de presupuesto, amen de otras muchas ventajas dado que el acceso a la misma es libre.

Conclusões:

  • O mais importante do Software livre é que oferece o código fonte. É aí onde radica a sua importância na liberdade (gerenciar, copiar, distribuir, cambiar e melhorar o software) ye não na gratuidade.
  • Koha é uma boa opção em sistemas de livre distribuição para bibliotecas, para aquelas unidades de informação com pouco dinheiro e que demanda a implementação de um aplicativo de gerenciamento de bibliotecas.
  • Koha é muito competitivo comparado com o Janium, por este  motivo não vê a necessidade de investir em um aplicativo comercial como o Janium, contando com a vantagem de  poder modificar o sistema sem ter que esperar a que o desenvolvedor no faça.

Duas críticas ao estudo: não se especifica que versões do software foram utilizadas e, o custe não é o mais importante. Não é certo que Koha seja barato: não tem custes de licença mas tem custes de desenvolvemento e/ou implantação que haverá que conhecer em caso de implementar este aplicativo.

Mas, por outro lado, todos os trabalhos realizados até o momento demonstram as possibilidades dos aplicativos de gestão bibliotecaria baseados em software livre e/ou aberto.

Posted in Bibliotecas, Software Livre | Com as etiquetas : , | Leave a Comment »

Estudo comparativo dos OPACs de Koha, Evergreen e Voyager

Posted by João Manuel Peres Lijó em Terça-feira, 14 Setembro, 2010


O número de Setembro de 2010 da publicação ITAL: Information Technology and Libraries (vol. 29, num. 3, 2010), da American  Library Association, inclue um interessante atigo de Sharon Q. Yang and Melissa A. Hofmann: The Next Generation Library Catalog: A Comparative Study of the OPACs of Koha, Evergreen, and Voyager.

Nos últimos anos está dando muito que falar o novo catálogo das bibliotecas, definido como next-generation library catalog ou catálogo da Biblioteca 2.0 ou terceira geração do catálogo (que vamos abreviar como Catálogo 2.0 ou OPAC 2.0). Em 2007 foi fixada a terminologia deste tipo de catálogo mediante uma série de funções, entre as quais destacam:

  • uma caixa para procurar por palavras (estilo google)
  • melhor navegação
  • autocorreção ou recomendações de buscas
  • ranking por relevância
  • navegação facetada
  • busca federada
  • contribuições dos usuários, e
  • conteúdos enriquecidos

As autoras são conscientes de que é necessário realizar mais estudos comparativos já que só o realizam entre três software: dois ILS livres: Koha e Evergreen e um privativo: Voyager (WebVoyage de Ex Libris).

O propósito do estudo é demostrar qual dos três software analisados oferece mais serviços em referência ao catálogo 2.0. Como reconhecem, o estudo é muito limitado e não pode ser extrapolado a outros software não analisados.

As autoras citam bibliografia prévia sobre o assunto no que sinalam os estudos de Mercum e Zumer: New Generation of Catalogues (que desconhecia) e a tese de Linda Riewe: Integrated Library System Survey (já citado neste blogue). No primeiro estudo realiza-se uma análise entre seis catálogos diferentes, entre eles o WorldCat e o da Amazon, concluindo que, nenhum dos catálogos das bibliotecas estudadas, consegue igualar as funções do catálogo da Amazon.

O inquérito de Linda Riewe compara entre dois ILS livres: Koha e Evergreen e 6 proprietários: Horizon, Voyager, Millennium, Polaris, Innopac e Unicorn. Nas questões referidas ao OPAC o de Koha é o melhor valorado entre os bibliotecários que responderam este inquérito.

Metodologia:

Em primeiro lugar estabeleceram um conjunto de 10 parâmetros com os que comparar os três OPACs, tirados do estudo de Marshall Breeding: Next generation Library Catalogs (Library Technology Reports, jul-ago 2007) que, pelo seu interesse, citamos a continuação:

  • Um único ponto de acesso para toda a informação bibliotecária
  • Interface web “actual”: intuitivos, visualmente atraentes
  • Conteúdos enriquecidos
  • Navegação facetada
  • Busca por palavras-chave
  • Relevância
  • Quis dizer?: quando o termo empregado não é uma palavra chave o OPAC pergunta que se quis dizer
  • Recomendações e materiais relacionados
  • Contribuições dos usuários
  • Subscrições mediante RSS

O segundo passo consistiu em aplicar esses 10 parâmetros aos três catálogos e o terceiro e último passo consistiu na recopilação de dados.

Como conclusão apresentam uma tabela na que se recolhem os dados comparativos, nos que se sinalam que o Opac de Koha é o que satisfaz mais parámetros, seguido de Evergreen e, por último Voyager. Sinalam que os OPACs ainda têm um longo caminho que percorrer até o Catálogo 2.0. Também indicam que os OPACs dos ILS não são comparáveis, na actualidade, às ferramentas “independentes” conhecidas como Discovery Tools (ferramentas de descoberta) entre as que se sinalam Primo de Ex Libris (software privativo) e VuFind e LibraryFind (software livre).

Posted in Bibliotecas, Software Livre, Web 2.0 | Com as etiquetas : , , , | Leave a Comment »

Mudança nas políticas open source para bibliotecas

Posted by João Manuel Peres Lijó em Segunda-feira, 19 Outubro, 2009


Durante o mês de setembro falou-se muito na imprensa especializada da decisão da companhia Liblime de realizar uma versão denominada Liblime Enterprise Koha (LLEK) desenvolta por eles mesmos e sem oferecer as modificações à comunidade.

Esta decisão foi questionada em profundidade por pessoas independentes e outras empresas que trabalham no desenvolvimento do Koha.

A decisão da Liblime é similar ao acontecido com outros  aplicativos e sistemas operacionais no que a empresa desenvolve por um lado o seu próprio projecto dirigido ao setor empresarial com software enriquecido e novas utilidades e ferramentas, procurando um maior benefício económico, e por outro mantém uma versão “menos evoluída” em mãos da comunidade. Exemplos como os de Fedora da RedHat, OpenSuse da Novell ou Zimbra de Yahoo, são alguns exemplos de decisões similares.

A fratura entre a LibLime e outras empresas que colaboram com o desenvolvimento do Koha está servida. Companhias e particulares propõem manter o desenvolvimento  criando uma fundação para que o aplicativo fique em mãos da comunidade como se realizou para outros projectos como Mozilla ou o OpenOffice.

De qualquer maneira vai ser um tempo de mudanças nos que a comunidade terá que reagir e contribuir a dirigir o desenvolvimento deste aplicativo.

Posted in Bibliotecas, Software Livre | Com as etiquetas : , | Leave a Comment »

How Hard Can It Be?: Developing in Open Source

Posted by João Manuel Peres Lijó em Segunda-feira, 29 Junho, 2009


No último númeo do Code4Lib Journal (2009, n. 7) contamos com este artigo assinado por Joann Ransom, com Chris Cormack e Rosalie Blake.

O artigo faz um resumo explicativo do porquê da aparição deste ILS, o contexto no que se desenvolveu a ideia, os começos da criação do aplicativo e os objectivos que perseguiam:

  • Um produto que se pudesse instalar antes do Y2K
  • Um produto económico em termos de tarifas de instalação inicial e manutenção.
  • Um produto que corresse efectiva e rapidamente atravês de modem ou linha telefónica
  • Um produto atualizado e de boa e fácil interface para os usuários e o staff
  • Um produto que permitisse aceder ao catálogo desde a casa tão facilmente como desde a própria biblioteca
  • Um produto que facilitasse tembém o acesso fácil e rápido a outras bases de dados e fontes de informação atravês da Internet

O mais importante é na atualidade o pesso da comunidade e a sua extensão mundial, que converte este ILS no mais universalmente empregado na atualidade. Os dados a 16 de abril de 2009 são os seguintes:

Posted in Bibliografia SL, Bibliotecas, Software Livre | Com as etiquetas : | Leave a Comment »

Presentações do ILS Koha no Fesabid 09

Posted by João Manuel Peres Lijó em Terça-feira, 2 Junho, 2009


Apresentação do workshop de Open Software no Fesabid 09,  dedicado praticamente na sua totalidade ao ILS Koha.

Koha 3.0: software libre para la gestión integral de bibliotecas, por Gustavo Roig:

Gestión de conocimiento y nuevas formas de gestión interna, por Alicia Sánchez Soriano

Open Source software for libraries: Koha, por Henri-Damien Laurent:

Koha na Rede de Bibliotecas de Galicia, por Enrique Quintáns Míguez:

Posted in Bibliotecas, Software Livre | Com as etiquetas : , | 2 Comments »

 
%d bloggers like this: