Baixamar

Software livre e bibliotecas

Posts Tagged ‘OPAC’

La biblioteca expandida en código abierto

Posted by João Manuel Peres Lijó em Sábado, 5 Fevereiro, 2011


O último número do Boletín de la Asociación Andaluza de Bibliotecarios (n. 96-97) inclue um interessante artigo de Nieves González Fernández-Villvicencio, La biblioteca expandida en código abierto, no que realiza um resumo da actualidade do software livre nas bibliotecas.

O artigo apresenta, em três partes, aspectos do uso de SL nas bibliotecas:

  • O uso dos ILS realizados com software livre entre os que cita a Evergreen, OPALS e Koha e o projecto OLE (Open Library Environment Project).
  • O uso de applis da web 2.0 dirigidas a melhorar o uso das ferramentas bibliotecárias, e principalmente a utilização que os utentes realizam do catálogo, atravês, sobretudo, de ferramentas de descoberta como Vufind ou o eXtensible Catalog.
  • Por último as ferramentas de ajuda bibliotecaria, melhora dos portais das bibliotecas e dos catálogos:  Drupal, Library Thing…

Um artigo para ver o “estado da arte” atual no software para bibliotecas.

 

Anúncios

Posted in Bibliografia SL, Bibliotecas, Software Livre, Web 2.0 | Com as etiquetas : , , | 1 Comment »

OPAC Social

Posted by João Manuel Peres Lijó em Segunda-feira, 8 Novembro, 2010


No V Congreso Nacional de Bibliotecas Públicas, Gijón, España, 3-5 de Novembro de 2010,  foi apresentada a comunicação Koha, metabuscadores y herramientas colaborativas de edición de contenidos sobre o Opac social, ou Opac 2.0, realizado com Koha na Rede de Bibliotecas de Galiza (versão em prova ainda não implementada na sua totalidade nas bibliotecas da rede).

O vídeo, Los usuarios y el Opac social, realizado para o congresso foi gravado com a participação dos usuários da Biblioteca Municipal de Ames e monstra a interação destes com os novos recursos implementados no Opac. Por outro lado, o Opac foi enriquecido com novas ferramentas sociais que permitem a integração participativa de recursos, fomentando a relação dos usuários com o seu entorno,   permite engadir recursos próprios, locais e comunitários, que serão oferecidos pelo Opac em igualdade de condições que os demais recursos da biblioteca.

Uma olhada ao vídeo permite observar as possibilidades do Opac social:

O vídeo e a comunicação foram realizados pelas empresas Xercode e Fervenzas, Xestión Cultural, e por pessoal da Rede de Biblioteca de Galiza e de Bugalicia, Consórcio de Bibliotecas Universitárias de Galiza.

Posted in Bibliotecas, Software Livre, Web 2.0 | Com as etiquetas : , , , | Leave a Comment »

Estudo comparativo dos OPACs de Koha, Evergreen e Voyager

Posted by João Manuel Peres Lijó em Terça-feira, 14 Setembro, 2010


O número de Setembro de 2010 da publicação ITAL: Information Technology and Libraries (vol. 29, num. 3, 2010), da American  Library Association, inclue um interessante atigo de Sharon Q. Yang and Melissa A. Hofmann: The Next Generation Library Catalog: A Comparative Study of the OPACs of Koha, Evergreen, and Voyager.

Nos últimos anos está dando muito que falar o novo catálogo das bibliotecas, definido como next-generation library catalog ou catálogo da Biblioteca 2.0 ou terceira geração do catálogo (que vamos abreviar como Catálogo 2.0 ou OPAC 2.0). Em 2007 foi fixada a terminologia deste tipo de catálogo mediante uma série de funções, entre as quais destacam:

  • uma caixa para procurar por palavras (estilo google)
  • melhor navegação
  • autocorreção ou recomendações de buscas
  • ranking por relevância
  • navegação facetada
  • busca federada
  • contribuições dos usuários, e
  • conteúdos enriquecidos

As autoras são conscientes de que é necessário realizar mais estudos comparativos já que só o realizam entre três software: dois ILS livres: Koha e Evergreen e um privativo: Voyager (WebVoyage de Ex Libris).

O propósito do estudo é demostrar qual dos três software analisados oferece mais serviços em referência ao catálogo 2.0. Como reconhecem, o estudo é muito limitado e não pode ser extrapolado a outros software não analisados.

As autoras citam bibliografia prévia sobre o assunto no que sinalam os estudos de Mercum e Zumer: New Generation of Catalogues (que desconhecia) e a tese de Linda Riewe: Integrated Library System Survey (já citado neste blogue). No primeiro estudo realiza-se uma análise entre seis catálogos diferentes, entre eles o WorldCat e o da Amazon, concluindo que, nenhum dos catálogos das bibliotecas estudadas, consegue igualar as funções do catálogo da Amazon.

O inquérito de Linda Riewe compara entre dois ILS livres: Koha e Evergreen e 6 proprietários: Horizon, Voyager, Millennium, Polaris, Innopac e Unicorn. Nas questões referidas ao OPAC o de Koha é o melhor valorado entre os bibliotecários que responderam este inquérito.

Metodologia:

Em primeiro lugar estabeleceram um conjunto de 10 parâmetros com os que comparar os três OPACs, tirados do estudo de Marshall Breeding: Next generation Library Catalogs (Library Technology Reports, jul-ago 2007) que, pelo seu interesse, citamos a continuação:

  • Um único ponto de acesso para toda a informação bibliotecária
  • Interface web “actual”: intuitivos, visualmente atraentes
  • Conteúdos enriquecidos
  • Navegação facetada
  • Busca por palavras-chave
  • Relevância
  • Quis dizer?: quando o termo empregado não é uma palavra chave o OPAC pergunta que se quis dizer
  • Recomendações e materiais relacionados
  • Contribuições dos usuários
  • Subscrições mediante RSS

O segundo passo consistiu em aplicar esses 10 parâmetros aos três catálogos e o terceiro e último passo consistiu na recopilação de dados.

Como conclusão apresentam uma tabela na que se recolhem os dados comparativos, nos que se sinalam que o Opac de Koha é o que satisfaz mais parámetros, seguido de Evergreen e, por último Voyager. Sinalam que os OPACs ainda têm um longo caminho que percorrer até o Catálogo 2.0. Também indicam que os OPACs dos ILS não são comparáveis, na actualidade, às ferramentas “independentes” conhecidas como Discovery Tools (ferramentas de descoberta) entre as que se sinalam Primo de Ex Libris (software privativo) e VuFind e LibraryFind (software livre).

Posted in Bibliotecas, Software Livre, Web 2.0 | Com as etiquetas : , , , | Leave a Comment »

OPAC Social e participação de usuários nos catálogos bibliográficos

Posted by João Manuel Peres Lijó em Segunda-feira, 12 Julho, 2010


Dídac Margaix, autor do blogue Dos Punto Cero, analisa no artigo L’OPAC Social i la participación dels usuaris als catàlegs bibliogràfics, a evolução dos catálogos públicos  das bibliotecas: a participação dos usuários e a tecnologia que o possibilita e revisa os aplicativos que permitem criar os opac sociais e a bibliografia actual sobre o tema.

No apartado de Ferramentas para construir OPAC sociais apresenta exemplos provenientes do software livre:

  • VuFind permet construir una interfície web per cercar al catàleg i ha estat desenvolupada per la Universitat de Vilanova (EUA). Actualment funciona amb Voyager, però està prevista l’ampliació a més programaris. Permet marcar documents com a favorits, assignar etiquetes i fer comentaris. A més VuFind pot mostrar al registre la informació que altres usuaris han generat a Amazon. Un dels centres que ha implementat aquest programmari és la Western Michigan University.
  • OpenBib és un programari lliure desenvolupat a Alemanya. Permet unes funcionalitats socials molt simples però destaca la seua integració en altres eines (per exemple la Viquipèdia, un gestor bibliogràfic, etc.) i la generalització dels canals RSS. La instal·lació més interessant és la del Catàleg Col·lectiu de les Universitats de Colònia.
  • Scriblio és la segona versió del WP OPAC desenvolupat per Casey Bisson. Utilitzant el programari lliure WordPress han construït un OPAC: La peculiaritat és que WordPress es fa servir principalment per a publicar blocs. La utilització d’aquest programari dóna al catàleg una imatge molt més dinàmica, familiar per als nous usuaris, més participativa, amb una imatge visual molt impactant i amb moltes possibilitats de reutilitzar els continguts. L’única via de participació per a l’usuari són els comentaris, publicats de la mateixa forma que a un bloc. La instal·lació més coneguda és la de la Lamson Library a la Plymouth State University.

Posted in Bibliotecas, Software Livre, Web 2.0 | Com as etiquetas : , | Leave a Comment »

 
%d bloggers like this: